top of page
  • Foto do escritorCamila Carmona

LEDterapia como recurso terapêutico nas alterações músculo-esqueléticas


Como Funciona a LEDterapia?


A LEDterapia, também conhecida como LLLT (Low Level Light Therapy), é a emissão de luz de baixa potência para desencadear alterações fotoquímicas nas estruturas celulares que são receptivas aos fótons.


A NASA foi a primeira a iniciar pesquisa com um diodo emissor de luz (LED), na tentativa de minimizar os efeitos danosos por longos períodos no espaço. Porém, apenas em 1962, o engenheiro Nick Holonyak Jr desenvolveu a primeira lâmpada de LED da história, que tinha a cor vermelha.


Mecanismo de ação do LED


O mecanismo de ação envolve basicamente a transformação da energia luminosa para uma resposta fisiológica específica.



Esse tratamento estimula a microcirculação no local, trazendo benefícios como ação analgésica e anti-inflamatória, melhor oxigenação e nutrição dos músculos, além da liberação de óxido nítrico, responsável pelo relaxamento dos músculos perto dos vasos sanguíneos.


Já existem diversos estudos científicos comprovando a eficácia do uso dos LEDs vermelhos e infravermelhos para aliviar dores agudas e crônicas. E, um dos mais importantes benefícios é que esse alívio da dor ocorre sem a necessidade de medicamentos.


Suas Principais indicações:


Por ser uma terapia comprovadamente segura e eficaz, é indicada para lesões de tecidos moles e esportes, condições artríticas, lesões por esforço repetitivo, cicatrização de feridas e uma ampla gama de condições médicas, tais como:


- Contraturas musculares;

- Cãimbras;

- Tendinite em geral (patelar, tendão de aquiles, supra-espinhoso, entre outras)

- Cervicobraquialgia;

A LEDterapia também age diretamente na esteatose, intoxicação do fígado, doenças intestinais, entre outras condições.


Os praticantes de atividades físicas podem se beneficiar muito com esse tratamento, pois:

Retarda a fadiga muscular durante a prática de exercícios


Os níveis de oxigênio no corpo caem rapidamente, o que leva ao acúmulo de ácido lático nos músculos, podendo se manifestar como dor ou queimação.


Acelera a recuperação muscular


Após um treino, os músculos precisam repor nutrientes. E como o óxido nítrico é um excelente vasodilatador, ele contribui para aumentar o fluxo sanguíneo. Com a LEDterapia, a recuperação muscular é muito mais rápida.


Prepara o músculo para a atividade física


Melhorando a microcirculação local, o fluxo linfático e auxilia na modulação do estresse oxidativo.





34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page